Buscai as coisas lá do alto

Pensar nas coisas terrenas só nos atrapalha.

Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar com QR CODE

“Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus.” Cl 3:1

Em Colossenses 3, o apóstolo Paulo faz uma ilustração que mostra a diferença entre aqueles que precisam se revestir de algo e aqueles que precisam se despir de algo, evidenciando claramente como devem ser crentes e como devemos nos portar diante da nova realidade que é ser filho de Deus.

“Se fostes ressuscitados”
Mas se nem morremos, como haveríamos de ter ressuscitado? O texto fala de algo que já aconteceu, ou seja, que em Cristo Jesus, já morremos para o mundo; vivemos no mundo, mas já como cidadãos celestiais, e embora ainda não tenhamos morrido e ido morar na Glória, somos já ressuscitados em Cristo e por isso nossa busca deve estar nas coisas do alto, onde nem a traça nem a ferrugem podem corroer ou o ladrão pode roubar.

O que devemos abandonar
Paulo deixa claro que devemos deixar de lado as coisas do mundo e focar nas coisas que são do alto. Portanto, devemos fazer perecer tudo aquilo que é inerente à nossa natureza humana, carnal, pois por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Agora, já libertos da escravidão do pecado, como cidadãos celestiais, devemos nos despojar da mentira, da maledicência, da avareza, etc., despindo-nos da velha natureza e vivendo agora não mais segundo a ira, a maldade e a inveja, mas uma vez que modificamos nosso caráter e temos já a mente de Cristo, precisamos nos vestir do que é novo, ou seja, nos revestir daquilo que agrada a Deus.

O que devemos vestir
De forma resumida, devemos nos revestir de tudo aquilo que Deus é, ou seja, devemos fazer morrer em nós a velha natureza para nos construirmos à imagem de Deus; com bondade, longanimidade, mansidão, humildade, perdão, tolerância, etc. Em outras palavras, devemos perdoar como Cristo perdoou, devemos amar como Cristo amou — mesmo que o outro não mereça — pois Cristo é o nosso referencial.

Seja, pois, o seu direcionamento, o seu propósito, a sua busca, sempre, nas virtudes de Cristo. "E acima de tudo esteja o amor", que é o resumo de todos os mandamentos, o resumo da mensagem de Jesus. Que possamos ter esse compromisso de nos instruirmos uns aos outros, com gratidão e tolerância, suportando-nos sempre, em amor.

Portanto, tudo o que for fazer, faça de forma que sepulte o velho homem e faça fluir as virtudes de Cristo, não por bondade própria ou por méritos, mas pela ação da graça redentora de Cristo Jesus para conosco, para que a cada dia sejamos um pouco mais parecidos e à imagem do nosso Deus

Postagem original: Buscai as coisas lá do alto.

Comentários