O Desafio da Perseverança

A vida cristã, tal como uma corrida, deve ser marcada pela perseverança. As dificuldades surgem, e quantos de nós não já ficamos pelo meio do caminho?

Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar com QR CODE
Creative commons

Mais um ano se inicia, e com ele, o desafio da continuidade e de nos mantermos firmes e constantes no Senhor; para tanto, perseverar é a chave. A perseverança é uma recomendação bíblica para todo crente, sendo um dos segredos para uma vida cristã vitoriosa, pois “é na vossa perseverança que confirmais a salvação da vossa alma” (Lc 21:19). No entanto, sabemos que não são poucos os que abandonam aquilo que propõem a fazer. Sonhos, projetos, resoluções de ano novo; tem gente que faz até promessa, mas muitos começam, não persistem e acabam desistindo. Perseverar é exatamente não desistir, é encontrar forças para, de alguma forma ou maneira, permanecer e continuar seguindo em frente, independente das circunstâncias. É demonstração de firmeza e constância, e está ligada à paciência e à esperança.

A perseverança é importante porque nos ajuda a mantermos nossos olhos no que é importante, no nosso alvo: Jesus. Contudo, para que a perseverança aconteça de forma real em nossas vidas, precisamos enfrentar tribulações. Romanos nos diz que as tribulações produzem perseverança, ou seja, sem elas, talvez você não aprenda a perseverar. Então, se foi no mar alto que a tribulação surgiu, é lá onde você deve estar para aprender a perseverar. Afinal, "quem mandou largar a rede?". A dificuldade de muitos em crescer espiritualmente está justamente na deficiência desse aprendizado. Assim, uma crítica, uma cara feia, ou a ausência de elogios, já são suficientes para deixá-los desestimulados e pensarem em desistir. A Bíblia, contudo, não só nos diz para perseverarmos, como também nos diz em que devemos perseverar.

Na oração
"Eles perseveravam no ensino dos apóstolos… e nas orações”. A igreja primitiva era um exemplo de igreja que orava. Jesus exortava os discípulos para orarem, mas Ele mesmo deu exemplo de uma vida de oração. É através da oração que entregamos ao Pai os nossos problemas e necessidades, que apresentamos a Ele nossas angústias, e isso é relacionamento com Deus. Por meio da oração, conseguimos compreender melhor a Palavra, recebemos dons espirituais, nos tornamos capacitados para enfrentar as lutas, vencer as tribulações, etc. Mas se nos tornamos negligentes, e não sentimos falta da oração, isso é um problema; quando passamos muito tempo sem orar, as coisas espirituais vão perdendo o sentido e nossa vida cristã vai definhando. Quando nos afastamos de Deus, o Espírito Santo bate em nosso coração nos fazendo lembrar, mas quando perdemos isso, tornamo-nos superficiais, distantes, às vezes, bem para com nós mesmos, mas não para com o Senhor.

Em fazer o bem
Fazer o bem é uma obrigação de todo crente, mas parece que muitos estão se cansando disso. Alguns começam, mas param no primeiro aborrecimento; na primeira contrariedade, viram as costas e desistem, porém “quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, está pecando”. É por isso que precisamos perseverar nesse aspecto, mesmo que as pessoas não agradeçam, mesmo que não haja reconhecimento, ainda assim precisamos insistir em fazer o bem. Dez leprosos foram curados, mas só um voltou para agradecer. As pessoas são assim, linguarudas, mal agradecidas, e quanto mais você faz, mais elas julgam. Talvez por isso você esteja chateado e se recuse a fazer algo por alguém, mas se quem primeiro deve fazer é o crente, e este não faz, temos então concretizado o exemplo que Jesus nos mostrou na parábola do bom samaritano. Certamente que nem todos estarão dispostos a fazer como Paulo: "procuro agradar a todos porque não procuro meu próprio bem, mas o bem de muitos, para que sejam salvos". Mas se formos condicionar nossas atitudes à aprovação dos homens, talvez não recebamos tapinhas nas costas e elogios, e aí, como ficará a nossa motivação para fazer o bem? É bom sermos reconhecidos? Sim, mas não devemos basear nossas ações nisso.

Afinal, qual a nossa percepção em relação à perseverança? Temos perseverado na oração e no fazer o bem? Estamos realmente fazendo o bem ou estamos intimamente desejando mal ao outro? É importante pensarmos nisso e nos mantermos atentos.

Postagem original: O Desafio da Perseverança - Parte I: Oração e Fazer o Bem

Comentários

Publicações de Jerfferson Nascimento

Foto: O Desafio da Perseverança

O Desafio da Perseverança

Foto: Vencedor x Perdedor - Qual o seu perfil?

Vencedor x Perdedor - Qual o seu perfil?

Foto: Uma carreira cheia de obstáculos

Uma carreira cheia de obstáculos

Foto: Mais do que vencedores

Mais do que vencedores

Foto: Pai é quem cria

Pai é quem cria

Foto: Cooperando em meio à crise

Cooperando em meio à crise

Foto: Testemunho cristão

Testemunho cristão

Foto: Não deixe de crer

Não deixe de crer

Foto: Das trevas para a luz

Das trevas para a luz

Foto: Onde está o nosso socorro?

Onde está o nosso socorro?

Foto: Buscai as coisas lá do alto

Buscai as coisas lá do alto

Foto: Gratidão em meio à pandemia?

Gratidão em meio à pandemia?

Foto: Quem é Jesus pra você?

Quem é Jesus pra você?

Foto: CORDEL DA ORAÇÃO

CORDEL DA ORAÇÃO

Foto: Senhor, ensina-nos a orar

Senhor, ensina-nos a orar

Foto: O cultivo da fé e seus benefícios

O cultivo da fé e seus benefícios

Foto: Como enfrentar os momentos de angústia?

Como enfrentar os momentos de angústia?

Foto: Cordel: Jesus acalma o mar

Cordel: Jesus acalma o mar

Foto: O que a salvação faz pelo homem?

O que a salvação faz pelo homem?

Foto: Por que devemos nos congregar?

Por que devemos nos congregar?

Foto: Será que precisamos de templos?

Será que precisamos de templos?

Foto: Soteriologia: As Consequências da Salvação

Soteriologia: As Consequências da Salvação

Foto: Coronavírus: Basta ter fé?

Coronavírus: Basta ter fé?

Foto: Pandemia: Uma luz em meio em meio às trevas

Pandemia: Uma luz em meio em meio às trevas

Foto: A multiplicação dos pães e suas lições

A multiplicação dos pães e suas lições

Foto: O fim é melhor do que o começo

O fim é melhor do que o começo

Foto: Salmo 126 - Alegria, Esperança e Renovação

Salmo 126 - Alegria, Esperança e Renovação

Foto: Ânimo e Esperança

Ânimo e Esperança

Foto: A Renovação e a Saúde da Alma

A Renovação e a Saúde da Alma