Espanha enfrenta dificuldades após segundo empate na Eurocopa

Em 3º lugar no Grupo E, país só avança às oitavas se vencer Eslováquia

Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar com QR CODE
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

A Eurocopa 2020 da Espanha teve turbulências antes mesmo de começar, com complicações relacionadas à covid-19, mas agora a crise também chegou ao campo, onde jogadores apresentam-se sem vivacidade, confiança ou contundência e correm o risco sério de serem eliminados ainda na fase de grupos.

O empate de sábado por 1 a 1 com a Polônia foi um passo atrás em termos de desempenho do 0 a 0 com a Suécia na estreia e deixou a Espanha na inesperada terceira posição no Grupo E, precisando derrotar a Eslováquia na partida final para avançar às oitavas de final.

A autoconfiança do time parece estar em seu menor nível nos últimos tempos.

Gerard Moreno havia convertido todos os 13 pênaltis que bateu pelo Villarreal na última temporada, mas mandou o seu chute da marca da cal na trave contra os poloneses, e Álvaro Morata, que parecia ter recuperado a confiança ao abrir o placar, mandou o rebote para fora.

O meio-campo da Espanha, que costumava ser o coração da equipe, pareceu desleixado e lento, incapaz de lidar com uma agressiva Polônia, que atrapalhou sua troca de passes e os forçou a acelerá-la.

Fonte: Agência Brasil